Recent Posts

Tradutor

Arquivo

domingo, 15 de setembro de 2019

3 comentários

Hiato

O que valem as horas
Se os segundos preciosos deixamos para trás?
O que vale o calendário
Se deixarmos de marcar os encontros esperados?

Realmente estamos
Ou ficamos esperando?
E se esperamos...
Como estamos nos preparando?

Justifique sua resposta
Nunca foi algo tão difícil
Estamos descompondo
Horizontes de sonhos

Por qual razão não se pode sorrir?
O que te impede de ir ali?
O seu abraço é algo que preciso sentir
Diga... onde e por quê insistimos em fugir?

Simplifique as emoções
Sinalize frieza
Não deixe transparecer sua fraqueza
Imploda e fique bem

Agora em meio à multidão
Caso sinta-se só
Lembre-se do hiato que criastes
Na sua certeza que o junto não significa nós.


Escrito por: Saymon Viegas! :^)



( ) Read more

quinta-feira, 1 de agosto de 2019

1 comentários

Noite

Note que a noite
Dividida em si
Transforma-se
Em uma prisão mental

A quietude assusta
O sono some
Os pensamentos ganham nome
E você? 

Um dose de sei lá
Um talvez ou tanto faz
Aquele você quem sabe
Trazidos do e se...

Sentir o silêncio
Observar na escuridão
Sublinhar as estrelas com as mãos
Caminhar em uma ilusão

Revestido do codinome
Relendo post´s com seu nome
Curtindo imagens em seu telefone
Preso em uma ilha sem um interfone...


Escrito por: Saymon Viegas #:^)




( ) Read more

quinta-feira, 20 de junho de 2019

0 comentários

Voe

Não deixe que as asas
Criadas após um processo lento
Cuidadoso e por vezes questionável
Percam a habilidade de voo.

Perdi-me ao olhar pro céu
Imaginando ali em um breve instante
O teu ser atravessando 
Observando cada detalhe minimamente.

Aquele novo amedronta
Veja na natureza
As aves para iniciar o voo
Precisam por vezes cair

E ao se deparar com o perigo
Muitas das vezes se desesperam
Sem notar que possuem meios
Capazes de pairarem no ar

Assim somos nós
Quando somos jogados
De um penhasco
Visualizamos apenas o chão

Perdemos tempo calculando
Decifrando o erro cometido
E o que te fez estar naquela situação
Porém esquecemos que nascemos para voar

Literalmente significa que
O nosso limite é o céu
Alce voo...vá....vença
Refaça a sua trajetória

E ao bater as "asas" 
Do posso e confio em mim
Vislumbrará o horizonte belo que tem a desfrutar
Acredite, você não está Só.

Fica aqui alguns versos
Talvez dispersos e incompletos
Para te dizer
VOE! 


Escrito por: Saymon Viegas :^)

( ) Read more

domingo, 17 de março de 2019

0 comentários

Ser Humano

É estranho rever conceitos
Saber que seus gestos ou ausências
Transformam ou dificultam
Paradigmas de um sujeito imperfeito

A construção da ponte entre o se 
Para o ser é implícita
Quantos nós são precisos?
Ou há uma linha linear de fácil trajetória...

Esbarrando na contradição 
Onde discursos belos em textos caligrafados
Tornam o humano próximo ao que se sonha
Um no-hall intangível pelos meros mortais

Como a junção do ser + humano é real?
Há um ser que é e faz o humano acontecer
Isto é o humano é o ser que faz acontecer?
Entre os pontos da interrogação...existe um final?



Escrito por: Saymon Viegas!:^)



( ) Read more

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

2 comentários

Reiniciar

Carrego em meu travesseiro
O peso que os olhos trouxeram ao decorrer do dia
A mente trabalha em modo automático
Tentando separar o útil do descartável

Acordar as 3 da manhã
Com a mente lotada de informações
Onde deixei os meus óculos
Para achar os caminhos que me levam para essas condições?

Perdido em meio as ilusões 
Percebo-me em uma rede 
Cujas entradas e saídas
Não possuem variáveis para sua localização

Tento agitar o meu eu
Busco forças para encontrar o ânimo
Aquele café fresco e aromatizante que outrora encontrava
Hoje está frio e sem sabor

Os espaços estão tumultuados
Um "lixo" cibernético contamina o nosso ser
Led´s piscam informando aquela solicitação
Volte...há muito em que se perder ainda

Espaços cada vez menores para prazos inconsequentes
Inflam nosso ser de medo, tristeza dor e fraqueza
Desistir? chorar? estressar? Reiniciar...
Eis que se faz preciso o novo de novo

Um aperto e....
Espere não é simples
Entretanto reiniciar está em você acreditar
Que ao deitar nada irá lhe incomodar

Há algo maior que seu cansaço
Uma nota maior que sua prova
Um reconhecimento digno do seu trabalho
Deleite-se o novo está prestes a iniciar...


Escrito por: Saymon Viegas :^)





( ) Read more
Best viewed on firefox 5+
Copyright © Design by Dadang Herdiana