Recent Posts

Tradutor

Arquivo

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

1 comentários

Amigo de um só.

Achava que a amizade
Que meu brother, irmão
Anos e mais anos de convivência
Não seria o que vejo hoje

Prestar aquela ajuda
Deixar de cobrar algo
Sorrir e bater no ombro
Estou aqui, só me chamar.

A mão estendida
Mesmo que não gostaria
Mas por amor e por acreditar
Na amizade se faz.

Amigo no mundo real
E nas redes sócias
O que temos na verdade e colegas
Alguns com interesses outros em busca deles.

Vejo em desenhos
Jovens que lutam, defendem o propósito em si
Mas Jamais deixariam o teu amigo de lado
Ou desacreditaria nele, mesmo que ele não acredite.

 Não adianta, não muda
Se hoje modifica um pouco
Amanhã se volta ao normal
E o ciclo vira-se vicioso

Talvez trilhar nesse mundo
Sem amigos seja
Ou parece ser
O meu destino

Agradeço pelos falsos sorrisos
Pelas falsas falas
Ou ajudas e ligações
Mas, com um sorriso de sempre, direi: volte sempre!

"Quem me dará um ombro amigo
Quando eu precisar?
E se eu cair, se eu vacilar,
Quem vai me levantar?"

Temo que já chegue o dia
Aparecerá na noite
E a quem irei  chamar
De amigo para me ajudar?



Escrito por: Saymon Viegas!




1 comentários:

Best viewed on firefox 5+
Copyright © Design by Dadang Herdiana